Incamp seleciona empresas para coworking, treinamentos e apoio

Empresas interessadas em ocupar um espaço físico dentro do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp (campus de Campinas), em um ambiente de coworking e receber outros benefícios, como treinamentos e apoio em diversas áreas de atuação e gestão, podem se inscrever no edital que selecionará integrantes para o programa da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da Unicamp (Incamp).

A iniciativa é fruto de uma parceria da Unicamp com o Parque Tecnológico e Empresarial Galileo e a Prefeitura Municipal de Paulínia. A inscrição para participar no edital custa R$ 350. Após a avaliação, as empresas selecionadas poderão participar do programa a uma taxa de R$ 400 mensais no primeiro ano de incubação.

Interessados em conhecer mais sobre o programa de incubação da Incamp podem participar do evento “Incamp de Portas abertas”, que acontece nesta sexta-feira (16), das 10h às 12h, no prédio do Núcleo do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp – Sala Algar.

Não há data de encerramento das inscrições, conforme explica Mariana Zanatta Inglez, gerente do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp e da Incamp: “O edital tem fluxo contínuo, ou seja, a qualquer momento os interessados podem mandar seus projetos para serem avaliados. Mas nossa previsão é que com as inscrições das primeiras vagas já seja realizada uma banca, formada por pessoas do mercado e dos nossos parceiros, para iniciar as atividades”, comenta.

Assim, as empresas que se inscreverem antes, terão mais chances de serem contempladas com um lugar no Parque Científico e Tecnológico da Unicamp.

Veja o edital completo em: https://www.incamp.unicamp.br/edital/

Sobre o processo de incubação

Durante o processo de incubação, serão oferecidas reuniões de acompanhamento mensal para o desenvolvimento do modelo de negócios da empresa. Também serão realizados treinamentos em áreas ligadas ao empreendedorismo, como  marketing e vendas, além de consultoria com profissionais do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e da Febraec (Federação Brasileira das Empresas de Consultoria e Treinamento), que são parceiros da Incamp.

Além dessas atividades, as empresas selecionadas também terão orientação nos campos de transferência de tecnologias e propriedade intelectual a fim de aperfeiçoarem sua performance e para fomentar novas ideias e parcerias.

Na primeira parte do “Incamp de Portas abertas”, a equipe da incubadora fará uma apresentação da Incamp e do edital de fluxo contínuo para as startups que desejam ingressar no processo de pré-incubação ou incubação na Incamp.

Na sequência, o Professor Sérgio Queiroz, que é coordenador adjunto da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), fará a apresentação do Programa PIPE, que apoia a execução de pesquisa científica e/ou tecnológica em micro, pequenas e médias empresas em São Paulo.

Sobre a Parceria Unicamp-Paulínia-Galileo

O lançamento deste edital faz parte de um programa conjunto entre Unicamp, Paulínia e Galileo de transferência de conhecimento da gestão de incubadoras e parques da Universidade para os parceiros, de maneira que uma Incubadora de Empresas de Base Tecnológica possa ser operada em parceria com a Universidade na cidade de Paulínia.

“A intensificação das políticas voltadas ao incentivo da inovação e do empreendedorismo em Paulínia formam um marco histórico para a cidade. Com o programa “Paulínia Empreendedora”, a prefeitura visa desenvolver no município a cultura do empreendedorismo e transformá-la em uma cidade inteligente e sustentável. O convênio com a Unicamp foi o marco inicial desse processo, e a viabilização desse edital é a primeira ação prática desse novo tempo de inovação para o município”, afirma Rui Rabello, Secretário Municipal do Desenvolvimento Econômico de Paulínia.

De acordo com Gilberto Zancaner Brito, diretor do Galileo, a parceria é significativa para Paulínia, pois pode contribuir para a diversificação da economia da cidade, atraindo novas indústrias intensivas em conhecimento e inovação.

“Aumentar a capacidade competitiva da cidade e região através da cultura do empreendedorismo e da inovação é a nossa missão. Além de estar preparado para concentrar um conjunto de empresas inovadoras e garantir a competitividade de Paulínia, o Galileo possui proximidade com universidades e centros de pesquisa reconhecidos internacionalmente, como a Unicamp. Essa proximidade proporciona e estimula a sinergia, a troca de conhecimento e a geração de novas tecnologias e negócios. Sem dúvida, o programa de incubação possibilitará o contato diário entre pesquisadores e empresários, constituindo uma rede focada no avanço da inovação e de novos negócios para o desenvolvimento econômico de Paulínia e da região de Campinas. O suporte na avaliação e o acompanhamento das incubadas será fundamental para nós, pois teremos a mentoria da Unicamp”, relata o diretor do Galileo.

Eduardo Gurgel do Amaral, diretor do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp, explica que a parceria é inovadora, pois é a primeira vez que o Parque da Unicamp e mesmo a Incamp incuba uma outra incubadora.

Segundo o diretor, a parceria também é extremamente relevante uma vez que Paulínia é um município muito importante e o Parque Galileo é um empreendimento promissor, muito próximo da Unicamp. “Trata-se de um significativo papel da Universidade no apoio de outras iniciativas regionais, capacitando para que se amplie o alcance da Unicamp na promoção do desenvolvimento socioeconômico sustentável”, avalia.

O post Incamp seleciona empresas para coworking, treinamentos e apoio apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.

Powered by WPeMatico

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
CategoriasSP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *