Detran/AC registra redução de 16% no índice de vítimas fatais nas vias do Acre

A Coordenação de Engenharia e Estatística do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran) registrou de janeiro a novembro de 2018 uma redução de 16% no número de mortes nas vias, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Os dados são calculados para cada 10 mil veículos, considerando o aumento anual da frota do estado. Esses números não incluem os acidentes ocorridos em rodovias federais, que são computados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Para a diretora-geral do Detran/AC, Shirley Torres, o sentimento de concluir uma gestão com redução de mortes é de dever comprido. “Em 2017, registramos o menor índice de mortes nas vias do estado. Tudo está caminhando para que este ano consigamos alcançar essa marca e, assim, continuarmos salvando vidas.”

Outro índice em que também houve redução foi o do total geral de acidentes de trânsito, com e sem vítimas, registrando uma redução de 12% para cada 10 mil veículos. Foram 4.217 acidentes em 2017 contra 3.782 em 2018.

Rio Branco e Cruzeiro do Sul apresentaram os menores índices de reduções (Foto: Andréia Nobre/Detran)

Rio Branco e Cruzeiro do Sul, as duas maiores cidades do estado, contribuíram para que os índices de reduções de mortes nas vias fossem reduzidos. Na capital a redução foi de 15% e em Cruzeiro do Sul, 27,3%.

“As reduções foram possíveis em decorrência de um trabalho integrado de diversos órgãos, como as Ciretrans [Circunscrições Regionais de Trânsito], Polícia Militar, Coordenação de Educação de Trânsito, prefeituras, sociedade civil e de cada servidor do Detran/AC”, declarou Shirley Torres.

Intensificação da fiscalização de trânsito e Operação Álcool Zero foram fatores preponderantes para as reduções (Foto: Arquivo/Detran)

Powered by WPeMatico

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
%d blogueiros gostam disto: