Casarão Tech completa 1 ano no Maranhão e prepara novo salto na tecnologia

Casarão Tech, no centro de São Luís. Foto: Divulgação

Primeira experiência pública para concentrar iniciativas de inovação no Centro Histórico de São Luís, o Casarão Tech Renato Archer completa um ano no próximo dia 19 de janeiro. Para celebrar a data, o Governo do Maranhão está promovendo ações para fortalecer empresas tecnológicas com soluções inovadoras no Estado.

Com o Programa Inova Maranhão, um dos compromissos de gestão do governador Flávio Dino, o Estado está criando condições para a construção de um ecossistema de inovação.

Na primeira fase do Programa Inova Maranhão, foram investidos R$ 850 mil, além da inauguração do Casarão Tech. O programa apoiou a criação de 64 startups, apoiando financeiramente 14 delas para entrarem no mercado de tecnologia.

O Estado também promoveu eventos de sensibilização e fomento à inovação, a exemplo do Hackathon e o 11º Open Innovation na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2018, a Maratoninha Maker e o Demo Day Inova Maranhão.

Ampliação

Casarão Tech, no centro de São Luís. Foto: Divulgação

Para ampliar o Programa Inova Maranhão, Flávio Dino assinou dois decretos que vão gerar novas oportunidades de empreendedorismo para quem deseja criar ou acelerar startups. Os decretos visam, respectivamente, ceder imóveis do Centro Histórico para startups e gerar editais de fomento para inovação tecnológica.

“São decretos muito importantes para a implantação de um Parque Tecnológico no Estado. Com eles, vamos avançar nos três braços de desenvolvimento do setor. O primeiro é o braço de infraestrutura com o Casarão Tech e o decreto para cessão de imóveis no Centro Histórico. O segundo braço são os editais de fomento; e o terceiro pilar é a aceleração dos startups”, explica o Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Davi Telles.

Inovação Governamental 

O programa Inova Maranhão prevê para 2019 o incentivo a soluções de inovação para desenvolvimento das políticas públicas. A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) vai intermediar as demandas tecnológicas dos órgãos governamentais e as iniciativas para atender essas necessidades.

“Nós vamos lançar editais temáticos para atender demandas das políticas governamentais estratégicas. Durante o aniversário de um ano do Casarão Tech Renato Archer, já vamos anunciar iniciativas no âmbito da saúde, de acordo com o que define o decreto assinado pelo governador “, diz Nivaldo Costa Muniz, secretário adjunto de Inovação e Cidadania.

Polo Tecnológico

Casarão Tech, no centro de São Luís. Foto: Divulgação

Ao assinar o decreto que pretende ceder imóveis no Centro Histórico para empresas do setor tecnológico, o governador Flávio Dino anunciou também a cessão de espaço no prédio da RFFSA, na Praia Grande, em reforma. Os critérios de cessão da área estão sendo discutidos com o setor.

O Governo também ampliou as conversas com idealizadores de experiências exitosas na área, a exemplo do Porto Digital de Recife. Durante a semana foram realizadas tratativas com Claudio Marinho, um dos idealizadores do Porto Digital do Recife antigo, que está entre os símbolos maiores da Inovação Tecnológica no país.

“Com essas iniciativas, nós desejamos atrair empresas e grupos econômicos para adotar casarões e ocupar o Centro Histórico, dando uma finalidade voltada para a criação de um ambiente tecnológico que traga inovação, ao mesmo tempo em que revitalizaremos a área”, diz Nivaldo Costa Muniz.

Powered by WPeMatico

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
CategoriasMA